top of page

Dicas de engajamento para times operacionais

Atualizado: 15 de dez. de 2023

Descubra como aprimorar o engajamento de times operacionais para impulsionar a eficiência e a satisfação da equipe. Explore estratégias personalizadas e práticas para fortalecer a dinâmica positiva, melhorando o desempenho de sua equipe operacional.




Neste artigo você verá:



A importância do engajamento para times operacionais


Independentemente da localização ou função, é essencial garantir que todos os membros da equipe tenham acesso justo às oportunidades de aprendizado e desenvolvimento. Nesse contexto, a implementação de tecnologias inclusivas e diversificadas desempenham um papel importante para colaboradores muitas vezes fora dos ambientes de escritório tradicionais. 


Plataformas de aprendizado online, canais de comunicação eficientes, formas de se relacionar com este público, personalização da mensagens, ferramentas colaborativas e integração entre as infraestruturas da empresa, entr outras práticas proporcionam uma experiência mais consistente e os colaboradores mais engajados, superando barreiras, permitindo um aprendizado contínuo e sensação de pertencimento.


Além disso, é essencial promover uma comunicação clara e inclusiva. Capacitar os profissionais de RH a desenvolver práticas comunicativas que transcendam barreiras linguísticas e de função, a utilização de linguagem direta, canais de comunicação apropriados e a compreensão dos diferentes aspectos culturais contribuem também para uma transmissão eficaz de informações.


Aqui estão alguns pontos que destacam a importância do engajamento dessas equipes:


  • Eficiência Operacional: Times operacionais engajados tendem a ser mais eficientes no desempenho de suas tarefas diárias. Quando os membros da equipe estão motivados, compreendem claramente seus papéis e objetivos, o fluxo de trabalho torna-se mais suave e eficaz.


  • Qualidade do Trabalho: O engajamento está frequentemente ligado à qualidade do trabalho. Colaboradores que se sentem valorizados e envolvidos têm maior probabilidade de se esforçarem para atingir padrões mais elevados de desempenho e produzirem resultados de alta qualidade.


  • Redução do Turnover: Equipes operacionais engajadas são menos propensas a enfrentar altos índices de rotatividade de pessoal. Colaboradores satisfeitos e comprometidos têm menos probabilidade de procurar oportunidades em outras organizações, economizando recursos que seriam investidos na contratação e treinamento de novos colaboradores.


  • Inovação e Resolução de Problemas: Equipes engajadas são mais propensas a contribuir com ideias inovadoras e soluções para desafios operacionais. Um ambiente que promove o engajamento encoraja a colaboração e a criatividade, resultando em processos aprimorados e métodos mais eficazes.


  • Clima Organizacional Positivo: O engajamento contribui para um clima organizacional positivo. Isso não apenas melhora o moral da equipe, mas também promove um ambiente de trabalho saudável, onde os colaboradores se sentem respeitados, apoiados e valorizados.


  • Atendimento ao Cliente: Membros de equipes operacionais engajadas tendem a prestar um melhor atendimento ao cliente. O comprometimento se reflete na maneira como os colaboradores lidam com clientes, colegas e parceiros de negócios, influenciando positivamente a reputação da empresa.


  • Adaptação a Mudanças: Equipes operacionais engajadas são mais propensas a se adaptarem às mudanças. Diante de desafios ou alterações nas condições de trabalho, membros de equipes engajadas mostram maior flexibilidade e disposição para colaborar na busca de soluções.


  • Saúde Mental e Bem-Estar: O engajamento também está relacionado ao bem-estar dos colaboradores. Colaboradores que se sentem conectados ao propósito da organização e que têm um bom equilíbrio entre vida profissional e pessoal tendem a ter melhor saúde mental e satisfação global.



5 dicas para melhorar o engajamento de times operacionais


Garantir acesso equitativo a oportunidades de aprendizado é crucial, independentemente da localização ou função. Segue algumas dicas para o engajamento deste público:



1. Conhecer individualmente as necessidades operacionais da equipe e hábitos dos colaboradores


Quando tratamos de  públicos operacionais, a compreensão profunda do público e o foco na escuta ativa são ainda mais essenciais. Na verdade, o segredo da boa comunicação é mais sobre quem está ouvindo do que quem está falando.


Aqui estão algumas formas de fazer isso:


  • Compreensão do Público:


Através de pesquisas, entender quem são os colaboradores, seus hábitos de comunicação, preferências e níveis de familiaridade digital é fundamental. Cada indivíduo tem uma abordagem única para a absorção de informações, e essa diversidade deve ser considerada ao desenvolver estratégias de comunicação.


  • Escuta Ativa:


O sucesso na comunicação não se resume apenas à transmissão de mensagens, mas também à capacidade de escutar. A escuta ativa envolve compreender as necessidades, preocupações e feedbacks dos colaboradores. Ao considerar as vozes de quem recebe a mensagem, é possível ajustar e personalizar as comunicações para atender melhor às expectativas e demandas.


  • Feedback Contínuo:


Estabelecer um sistema de feedback contínuo fortalece a comunicação bidirecional. Os colaboradores devem se sentir encorajados a expressar suas opiniões e contribuir para a conversa. Isso não só cria um ambiente mais inclusivo, mas também fornece insights valiosos para melhorar as práticas de comunicação.



2. Adaptação de meios de Comunicação:


A adaptação de meios de comunicação é uma prática importante para garantir que a mensagem da empresa seja efetivamente transmitida a todos os membros da equipe, considerando a diversidade nos níveis de familiaridade digital e preferências de comunicação.


Nem todos os colaboradores têm o mesmo acesso ou habilidade para lidar com certos meios de comunicação. A escolha do canal de comunicação deve levar em consideração a diversidade do público, oferecendo opções que se alinhem aos diferentes níveis de familiaridade digital.


Isso pode incluir desde comunicações tradicionais até soluções mais tecnológicas, dependendo das necessidades da equipe.


Aqui estão algumas formas de fazer isso:


  • Comunicação Digital:

Implementar soluções tecnológicas, como e-mails, intranet, mensagens instantâneas e videoconferências. Esses meios são ideais para colaboradores mais familiarizados com ambientes digitais e oferecem flexibilidade, especialmente em ambientes de trabalho remotos.


  • Redes Sociais Corporativas:

Adotar plataformas de redes sociais corporativas, onde os colaboradores podem compartilhar informações, colaborar em projetos e interagir de maneira mais informal. Essa abordagem promove a colaboração e o engajamento em um ambiente online.


  • Aplicativos Internos:


Desenvolver aplicativos internos ou contratar plataformas integradas que oferecem acesso fácil a informações relevantes, permitindo que os colaboradores acessem recursos importantes em seus dispositivos móveis. Útil para equipes em movimento ou que preferem a conveniência de dispositivos móveis.


Ao incorporar uma variedade de canais de comunicação e reconhecer a diversidade nas preferências dos colaboradores, as empresas podem promover uma comunicação interna mais inclusiva e eficaz.


A seguir, alguns exemplos de comunicadores que oferecem vantagens significativas quando aplicados a times operacionais:


WhatsApp: Uma das plataformas de mensagens mais amplamente utilizadas no mundo, oferecendo comunicação por texto, voz e vídeo.


Telegram: Conhecido por sua segurança e recursos avançados, o Telegram permite comunicação em grupo, chamadas de voz e compartilhamento de arquivos.


Slack: Uma ferramenta popular para comunicação interna em equipes, oferecendo canais temáticos, mensagens diretas e integrações com outras ferramentas.


Microsoft Teams: Integrado ao pacote Office 365, o Microsoft Teams proporciona mensagens em grupo, chamadas de vídeo e colaboração em tempo real.


Zoom: Amplamente utilizado para videoconferências, o Zoom é eficaz para reuniões virtuais e comunicação face a face, facilitando a interação em equipes remotas.


Intranet da Empresa: Uma plataforma interna que pode incluir blogs, fóruns e recursos compartilhados.


E-mails Internos: Um meio tradicional para comunicação corporativa, eficaz para mensagens formais e informativas.


Aplicativos ou Ferramentas Personalizadas: Empresas podem criar seus próprios aplicativos internos ou contratar ferramentas de comunicação interna, adaptando-se às necessidades específicas.



3. Personalização da mensagem:


A personalização da mensagem é uma estratégia fundamental para estabelecer uma comunicação eficaz e envolvente. Isso não apenas inclui adaptar o conteúdo à compreensão do público, mas também considerar aspectos como cultura organizacional, valores e necessidades individuais.


Diferentes pessoas respondem melhor a diferentes formatos de comunicação. A personalização pode envolver a escolha de formatos adequados, como e-mails, mensagens instantâneas, vídeos, infográficos ou reuniões presenciais, dependendo da preferência e conveniência do público.


Outro aspecto crucial é a segmentação da audiência com base em características compartilhadas, como cargo, setor e outros fatores relevantes. Esse processo possibilita uma personalização mais refinada, permitindo o direcionamento de mensagens específicas para grupos de colaboradores que compartilham interesses ou enfrentam desafios semelhantes.



4. Promova para os colaboradores as inovações tecnológicas


Aqui estão algumas formas de fazer isso:


  • Informação desde o Processo Seletivo:


Ao incluir informações sobre inovações tecnológicas já no processo seletivo, a empresa demonstra transparência e alinha as expectativas desde o início. Esse enfoque permite que os candidatos compreendam a cultura da empresa e as oportunidades de crescimento tecnológico, atraindo aqueles que compartilham do interesse pela evolução tecnológica.


  • Marketing Interno como Ferramenta de Engajamento:


Utilizar o marketing interno para destacar as inovações tecnológicas é uma estratégia eficaz. Isso pode incluir campanhas criativas, eventos internos, ou até mesmo reconhecimento formal para equipes envolvidas em projetos tecnológicos.


O objetivo é não apenas informar, mas também criar um entusiasmo em torno das inovações, gerando um ambiente propício ao engajamento.



5. Gamificação


Adotar a ideia de "jogo" na comunicação é um recurso importante para deixar todos os públicos da organização mais envolvidos. Com foco nos times operacionais, gamificar processos de RH para esse público pode trazer inovação, engajamento e resultados mais eficazes. Aqui estão algumas ideias para gamificar esses processos.


Crie uma "jornada do colaborador" gamificada, onde cada etapa representa um desafio ou conquista. Isso pode incluir desde a fase de recrutamento até o desenvolvimento contínuo. Recompense os colaboradores conforme avançam na jornada, utilizando elementos visuais, como emblemas ou níveis, para destacar suas realizações.


Aqui estão algumas formas de fazer isso:


  • Onboarding mais Interativo:


Transforme o processo de onboarding em uma experiência interativa, com missões e desafios relacionados às responsabilidades operacionais. Introduza elementos de jogo, como pontuações e prêmios virtuais, para tornar a assimilação de informações mais envolvente.


  • Treinamentos mais Interativos:


Utilize jogos ou simulações para treinamentos técnicos. Criar desafios que reproduzam situações do cotidiano operacional permite que os colaboradores pratiquem habilidades de maneira lúdica. Estabeleça pontuações, recompensas e até mesmo competições amigáveis para aumentar o engajamento.


A atribuição de recompensas tangíveis ou virtuais em resposta a conquistas específicas estimula a motivação e o empenho dos colaboradores. Isso pode incluir pontos, distintivos, certificações ou até mesmo benefícios tangíveis, proporcionando um senso imediato de realização.


  • Avaliação de Desempenho mais Interativa:


Transforme as avaliações de desempenho em um jogo construtivo. Em vez de uma abordagem tradicional, implemente uma plataforma que permita aos colaboradores definirem metas, ganharem pontos ao atingi-las e competirem saudavelmente com colegas. Isso torna o processo mais dinâmico e orientado para resultados.



Como a Botnicks te ajuda no engajamento de públicos Operacionais?


Na Botnicks, otimizamos integralmente os processos de RH, desde o recrutamento até o offboarding de colaboradores. Em toda a trajetória do colaborador, nosso foco é proporcionar a melhor experiência possível, destacando-nos pela personalização das jornadas e pela adaptação às necessidades específicas de cada indivíduo.


Isso é alcançado por meio da mensuração detalhada com People Analytics e uma visão abrangente de todas as etapas da jornada, considerando também diferentes perfis, públicos e cargos.


Em resumo, nossas integrações são desenvolvidas para aumentar o engajamento desde o recrutamento até o offboarding, de maneira inclusiva, mensurável e personalizada.


Dentro da Botnicks, alguns projetos exemplificam nosso compromisso com a eficiência e a acessibilidade:


  • Onboarding de colaboradores: reduzimos consideravelmente o número de chamados abertos na etapa de onboarding, digitalizamos o processos via chatbot, padronizamos as informações essenciais e otimizamos o tempo, possibilitando ao time a realização de atividades estratégicas.


O sucesso na redução de chamados pode ser atribuído à disponibilização de informações em uma ferramenta acessível e familiar aos colaboradores, refletindo a importância de fornecer informações de forma fluida e adaptada às individualidades de cada colaborador. Antes, as pessoas tinham também que ir 100% presencialmente na empresa para realizar o onboarding, hoje a maioria das atividades podem ser realizadas através de uma ferramenta digital acessível, como o Whatsapp.


  • Inclusão de pessoas menos digitalizadas: Desenvolvemos uma comunicação personalizada para atender às necessidades específicas desse público. Reconhecemos a importância de adaptar as informações de maneira apropriada para garantir a compreensão e a participação efetiva, independentemente do nível de familiaridade com a tecnologia.


  • Comunicação Objetiva e Simples: Adotamos uma abordagem de comunicação objetiva e simples, especialmente para colaboradores sem acesso a smartphones, internet ou familiaridade com plataformas como o WhatsApp. A linguagem direta e descomplicada visa assegurar que todas as informações sejam facilmente compreendidas, promovendo a inclusão e o entendimento


  • Gamificação: Implementamos estratégias de gamificação para tornar as interações mais envolventes e acessíveis, como por exemplo, a criação de  artes que indicam em que ponto da trilha o colaborador se encontra (roadmap) e marcos que representam uma porcentagem concluída da trilha (0 - 100%). Essas artes podem ser enviadas ao final de cada etapa da trilha, representando, por exemplo, 25%, 50%, 75% e 100% do processo.



Além disso, como uma HR Tech, a Botnicks é um pilar para o RH estratégico, que oferece uma visão completa das etapas da jornada, otimizando processos e facilitando a tomada de decisões informadas que podem ser personalizadas visando aumentar o engajamento de públicos operacionaisFale com a gente!


41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page